Zé Dirceu diz que crise no senado é manobra da oposição

O ex-deputado e braço direito de Lula comenta a crise no senado em entrevista na caros amigos:

“Caros Amigos – Quais as origens da crise no Senado?

José Dirceu – A chamada crise no Senado tem servido para ocultar a apuração dos fatos e responsabilidades de muitos senadores. As manobras da oposição tiveram duas intenções. A primeira foi criar uma crise institucional no Senado e, consequentemente, paralisar os trabalhos da Casa. A segunda, desestabilizar o governo do presidente Lula e aliança entre PT e PMDB. A oposição tem total responsabilidade pelas irregularidades no Senado. Ou ninguém vai levar em consideração que o DEM está na 1ª Secretaria da Casa nos últimos cinco anos? E o envolvimento em escândalos praticados pelos tucanos, entre eles o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, e o líder do partido, senador Arthur Virgílio? Nada menos que dez senadores do DEM e do PSDB são processados judicialmente no Supremo Tribunal Federal (STF).”

Mais à frente, Zé Dirceu mostra mais uma vez seu lado “pragmático”, do tipo “os fins justificam os meios”. E enquanto isso os engravatados saem impunes de crimes magistrais, e o povo é encarceirado por pequenos furtos.

“É evidente que é preciso apurar todas as ilegalidades, irregularidades e punir os responsáveis. Mas é mais importante para o país discutir e votar pautas, como o cadastro positivo ou a reforma eleitoral – não política -, aprovada pela Câmara dos Deputados e que tem prazo até setembro para ser votada.”

Leia tudo na Caros Amigos.