Trabalhadores das pirâmides não eram escravos, dizem cientistas

Deu na BBC:

Cientistas apresentaram no Egito tumbas cuja localização, próxima das principais pirâmides, reforça a teoria de que esses grandes monumentos foram construídos por trabalhadores livres, e não por escravos.

Os túmulos, construídos cerca de 4,5 mil anos atrás, contêm os restos mortais dos trabalhadores que morreram enquanto levantavam as pirâmides de Quéops e Quéfren.

“Essas tumbas foram construídas ao lado da pirâmide do faraó, o que indica que essas pessoas não eram, de forma alguma, escravos”, disse o arqueólogo que chefiou os trabalhos de escavação, Zahi Hawass.”

BBC Brasil – Ciência & Saúde – Trabalhadores das pirâmides ‘não eram escravos’, dizem arqueólogos.