Reforma no senado: continua a lesma lerda

      11 comentários em Reforma no senado: continua a lesma lerda

DEU NO ESTADÃO:

“Quase nove meses depois do senador José Sarney (PMDB-AP) assumir a presidência da Casa com a promessa de resgatar a imagem do Senado, ele não tirou nenhuma das medidas anunciadas do papel. Passada a turbulência dos últimos meses, a folha de pagamento, de R$ 2,1 bilhões, se mantém intacta. Os senadores não aceitam reduzir o número de funcionários de confiança, hoje estimados em 2,8 mil. Os 3,5 mil servidores terceirizados também pressionam Sarney para não serem demitidos. A tática tem dado certo.”

Sarney engaveta reforma que ele mesmo prometera para o Senado – Nacional – Estadão.com.br.