Nova estratégia maquiavélica das empresas de telefonia

De pequenos golpes se faz um milionário.

Você já reparou que, de uns tempos pra cá, o recado de “telefone ocupado” começou a ser acompanhado por um estranho “tuu, tuu”?

Pois é, eu reparei. Antigamente, quando você ligava pro celular de alguém, havia duas possibilidades. Ou ouvia um “tuu, tuu” (sinal de que alguém vai atender) ou escutava um recado do tipo “sua chamada está sendo encaminhada pra a caixa de mensagens…”. Sinal de que ninguém atenderia.

Agora eles tiveram uma idéia genial, partindo de nossa ignorância. Ao mesmo tempo em que você ouve o recado “sua chamada…”, tem também um “tuu, tuu”. Por que? Defeito? Não, estratégia maquiavélica.

Isso devia ser proibido.

Ao ouvir o recado junto com o “tuu” a gente tem a impressão de que pode ser uma linha cruzada e que, no final, nosso amigo vai atender o telefone. Afinal, é isso o que o “tuu” significa. Mas agora não mais. As coisas deixam de ser elas mesmas porque o dinheiro é que manda.

O resultado é que o telefonador incauto irá esperar até o bip, e demorará alguns segundos (pagos, evidentemente) até perceber que foi enganado e que ninguém atenderá.

Pois é, pérolas do capitalismo selvagem num país pouco politizado.