14 anos de “atos secretos” e nenhuma demissão

Pois é, o caso Sarney parece ter dado aos senadores a impressão de estarem no monte Olimpo, livres da influência dos reles mortais. Bom, Brasilia é quase isso.

Diz o Uol Notícias:

“Terminou sem demissão o processo contra o ex-diretor geral do Senado Agaciel Maia e demais servidores envolvidos no escândalo da não publicação de atos administrativos do Senado durante os últimos 14 anos. O senador Heráclito Fortes (DEM-PI), responsável pelos trabalhos, encaminhou uma cópia do documento ao Ministério Público Federal para que se investigue as práticas de crimes de improbidade administrativa e crime contra a administração pública dos envolvidos.”

Leia tudo em Escândalo dos “atos secretos” termina sem demissões no Senado – 11/03/2010 – UOL Notícias – Política.